Vila Planalto perto da regularização



Moradores podem começar a organizar documentos para legalização de uma das áreas mais tradicionais do DF; escrituras devem sem emitidas em dezembro



 A expectativa da Secretaria de Habitação, Regularização e Desenvolvimento Urbano é receber, a partir de agosto, os documentos dos moradores da Vila Planalto para dar início à regularização de uma das mais antigas cidades da capital do país.


"Não será preço de mercado, mas não será de graça. Será preço de regularização", destacou hoje o secretário de Habitação, Geraldo Magela, ao explicar que serão três as formas de legalização das casas.


Os detalhes estão previstos no projeto de lei aprovado pela Câmara Legislativa este mês e sob análise do governador Agnelo Queiroz.


Os moradores que ganharam os lotes depois da construção de Brasília têm direito ao terreno, e as demais áreas serão vendidas de forma direta ou por licitação pública.


Ainda de acordo com Magela, enquanto as famílias organizam os documentos, o GDF vai refazer o projeto urbanístico da Vila Planalto para que o processo de regularização seja acelerado e a emissão das escrituras ocorra em dezembro.


"Nós não podemos permitir que a Vila Planalto se torne um setor de hotéis ou um setor de diversões", finalizou o secretário de habitação, ao anunciar a intenção de plantar árvores em volta da cidade para impedir a construção de prédios irregulares.

Compartilhar

About Paulo Roberto Melo

0 comentários:

Postar um comentário