Lixo em áreas públicas atrai carcarás

Aves predadoras, que se alimentam de dejetos e carniça, podem ser vistas em locais como Parque da Cidade e Esplanada

O carcará, ave da família dos falcões, é presença muito encontrada no Parque da Cidade Sarah Kubitschek, principalmente na área das churrasqueiras. Em outros pontos da Capital, como na Esplanada dos Ministérios, também é comum ver a ave que chama a atenção pelo tamanho, que pode chegar a 1,23m de envergadura, face vermelha, solidéu preto sobre a cabeça e pelo bico encurvado e alto. “Fazemos um trabalho de esclarecimento com os usuários do parque, para que todos entendam a melhor forma de descarte desse lixo, alinhado com o SLU”, explica o administrador do Parque da Cidade, Alexandro Ribeiro.

O parque produz grande volume de lixo que, quando descartado de forma errada, serve de alimento para este predador. O lixo, aliás, é considerado determinante para a presença da ave em ambiente urbano. “São animais onívoros, que se alimentam de quase tudo: carniça, lixo, pequenos mamíferos, insetos, cobras, pombos”, explica a analista ambiental Rita Medeiros, do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, ICMBio. Alexandre informa que os produtores e geradores de eventos do parque, têm que apresentar com seus projetos um plano para descartes conforme o novo Código de Resíduos Sólidos.

Ela ainda observa que, pelas características, os carcarás conseguiram adaptar-se bem ao meio urbano, embora conservem seu costume predador. O instituto faz avaliação sobre aves continuamente e classifica as atividades de risco para cada espécie. “Os carcarás não estão nos grupos de risco de extinção, mas desequilíbrios ambientais e proliferação de resíduos tóxicos podem ser preocupantes para todas as espécies”, destaca.

O engenheiro florestal da administração do Parque da Cidade, Vitor Oliveira, diz que está sendo feito um trabalho de observatório com catálogo com as 40 espécies mais vistas no local. Segundo a assessoria do Instituto Brasília Ambiental, IBRAM, de um modo geral, os carcarás são aves tímidas e não atacam. No entanto, apesar da convivência pacífica, o aumento dessas aves em cidades representa um problema para a aviação. O problema acontece principalmente quando animais invadem áreas de pouso e decolagem. As colisões de aves com aeronaves são um problema mundial e, segundo a Organização da Aviação Civil Internacional (OACI), mais de 190 países já reportara ocorrências do tipo.


Carcarás, onívoros, que se alimentam de quase tudo

Por Monica Siqueira
Compartilhar

About Paulo Melo

0 comentários:

Postar um comentário