IESB

No dia 14 de novembro, a sociedade brasileira precisa discutir um dos grandes vilões nacionais: o analfabetismo

                                      Pesquisa do IBGE aponta que Brasil ainda tem 11 milhões de analfabetos   O processo de alfabetização n...

                               Pesquisa do IBGE aponta que Brasil ainda tem 11 milhões de analfabetos  

O processo de alfabetização no Brasil apresenta uma série de desafios que foram se constituindo historicamente. Desde a década de 1980, com a democratização da Educação Básica, um dos pontos amplamente discutidos era, além de garantir acesso de todos à educação, garantir a qualidade educacional, sobretudo a alfabetização da população, já que os índices de analfabetismo eram bastante altos. 

Na semana em que se comemora o Dia Nacional da Alfabetização, celebrado em 14 de Novembro, especialistas ressaltam que, mesmo após 40 anos de política pública educacional, o fantasma do fracasso escolar ainda persiste e está camuflado de evasão e de reprovação, devido, principalmente, a falta de aquisição da leitura e da escrita tanto das crianças em início de escolarização, quanto de adultos que não acessaram à escola ou não avançaram em seus estudos. 

Segundo a pesquisa mais recente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a taxa de analfabetismo no Brasil teve uma discreta melhora, saindo de 6,8%, em 2018, para 6,6%, no ano passado. Este novo índice foi retratado por meio da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua - PNAD Contínua. Mesmo com a diminuição, que representa aproximadamente 200 mil indivíduos, o país ainda conta com 11 milhões de pessoas que não sabem ler e escrever.  

Para Rafaela Marques, doutora em educação pela Universidade de Brasília (UNB), no caso do adulto, que já é socialmente letrado, a alfabetização plena permite que ele preencha lacunas de formação e tenha acesso a bens sociais e culturais antes inalcançáveis. A especialista afirma que o acesso à alfabetização também permite o exercício da plena cidadania por meio das práticas sociais que utilizam a escrita e a leitura, que são a maioria. 

“Assim, em nossa sociedade, estar alfabetizado é condição mínima para qualquer participação social ativa, desde a simples ação de pegar um ônibus, ao exercício de cidadania que é a votação nas eleições. Dessa forma, a inclusão e a escolarização de crianças e adultos analfabetos é a primeira etapa de um longo processo de superação de desigualdades sociais”, explica a especialista, que também faz parte da Rede Pedagógica - maior rede de educadores da América Latina. 

Incentivo via projetos sociais  

Com o objetivo de mudar essa triste realidade e transformar vidas, a Estácio elaborou o Programa de Alfabetização e Letramento para Jovens e Adultos, que já recebeu aproximadamente 500 alunos – entre jovens e pessoas da terceira idade — que moram nas comunidades adjacentes das unidades da instituição de ensino. Desde a sua criação, no primeiro semestre de 2018, há 2 anos, a iniciativa ganhou força e notoriedade no setor de educação.   

Por um período de quatro meses, os adultos e jovens têm aulas com estudantes dos cursos superiores de Licenciaturas da Estácio - como Pedagogia, Letras, História, Geografia e Matemática - com a participação dos próprios professores da instituição. As aulas acontecem no período noturno com duração de três horas por dia, duas vezes por semana, e são totalmente gratuitas para os alfabetizandos. 

Segundo Cláudia Romano, vice-presidente de Relações Governamentais, Sustentabilidade e Comunicação da Estácio, o projeto faz parte da missão da Estácio que é Educar para Transformar e reforça a diretriz de manter um relacionamento próximo e sustentável com a comunidade do entorno de suas unidades. Ainda de acordo com ela, a iniciativa também representa uma oportunidade única para os alunos da instituição, pois vão aprender na prática ao atuarem como alfabetizadores, o que sustenta o compromisso com a empregabilidade destes egressos.      

A metodologia foi desenvolvida de forma a incentivar e efetivar o aprendizado dos jovens e adultos, a promover a sua autoestima, a reconhecer as suas potencialidades e a evitar a evasão dos alfabetizandos. — Esses adultos se sentem excluídos por conta do analfabetismo e é muito comum que tenham o ímpeto de desistir. Por isso, atuamos de forma a apoiar os alunos a seguirem estudando, apesar das dificuldades — complementa Claudia.    

O Sistema Estácio de Alfabetização e Letramento agrega a alfabetização e letramento em língua portuguesa e matemática com a alfabetização e letramento midiático e informacional, e a modalidade de ensino presencial com o ensino a distância.      

História de superação  

Jesus Monteiro Lima, 56 anos, é um dos exemplos de história de superação e dedicação. O auxiliar de serviços de gerais tinha muita dificuldade em ler e escrever, e, diante desta situação, os colegas de trabalho do rapaz o incentivaram e inscreveram no projeto social de alfabetização da Estácio Brasília, o resultado, não foi outro: em quatro meses Jesus aprendeu a ler e escrever, compôs uma música em homenagem aos professores e colegas de classe, e hoje vive uma vida muito mais feliz.  

"O projeto de alfabetização da Estácio foi muito importante pra mim, graças a ele eu dei um grande passo em minha vida, que foi me alfabetizar, além de ter ganhado uma família durante o tempo que eu estive no curso, que eram meus colegas de sala, os professores e os funcionários da instituição, pois, todos eles me abraçaram e me ajudaram muito. Sou muito grato a eles, e, espero que esse projeto continue sendo divulgado para mudar vidas de várias outras pessoas, assim como transformou a minha", conta Jesus Monteiro Lima.

COMENTÁRIOS

JUSTIÇA$type=two$author=hide$comment=hide$readmore=hide$date=hide

EDUCAÇÃO$type=sticky$count=4$l=0$rm=0$a=0$cm=0$m=0

CIDADANIA$type=carousel$count=4$l=0$cm=0$rm=0$d=0

ECONOMIA$type=complex$count=4$l=0$cm=0$rm=0$d=0

Nome

# Empreender Brasília,1522,Adoçando a vida,2,agro,7,alimentação saudável,6,Aline Sleutjes,2,almoço,2,amigos,2,Aprovado,1,Arraiá em Casa,1,artigo,64,atacarejo,2,atividade física,1,bazar,1,bebê,1,bichinhos de estimação,1,bolinho de chuva,1,bom humor,1,Brasi,1,Brasil,166,Brasil Certo,253,brasilia,554,Brasília,939,Brasília Empreendedora,3214,cachorro,1,Caipirinha,1,capadr,1,Capital Empreendedora,2320,caravana do leite,1,carnaval,1,carne,1,carne assada,2,Carreira profissional,1,Carro novo,1,ceilândia,3,chocolate,1,Chocolate faz bem,1,Churrasco,3,Cidades,854,CLDF,137,Com cinco unidades no Distrito Federal,5,comércio,1,comida na mesa,2,comida saudável,1,Comper,1,Compras de mercado,2,Condomínio,127,Condomínios,9,Confraternização,1,congresso,1,conselho,1,coronavírus,1,covid19,1,cuidados com o bebê,1,cura da ressaca,1,cursos gratuitos,4,Delmasso,1,Deputada do Agro,1,deputada federal,1,deputadadoagro,1,Detran-DF,2,Dia da Cachaça,1,Dia da Pizza,1,dia do atleta,1,Dia do Micro e Pequeno Empresário,1,Dia dos Avós,1,Dia dos Namorados,1,dica,9,dieta da alegria,1,Distrito Federal,108,doce,1,economia,68,educação,5,Embaixadas,1,empreendedorismo,2073,empreendedorismo social eventos,53,empreender,1999,empreender Brasília,1733,empresas,4,esporte,1,Esportes,2,Eventos,265,família,4,FENACOM,1,Férias com Arraiá,1,Festa do Chope,1,Festival da Feijoada,1,festival de guloseimas,1,Fica a Dica,100,fim de ano,1,fim de semana,2,foco nacional,51,fort atacadista,34,gato,1,geral,198,gestão,425,Goiás,27,grupo pereira,3,Habitação,1,inovacao,318,internacional,2,Internet,4,José Gomes,2,justiça,6,lista de compras,1,Meio Ambiente,1,Mercado Pet,1,Mulher Empreendedora,4,mundo,7,NATAL,1,negocios,624,Negócios,3,noticias,2279,notícias,2758,OAB,50,opinião,254,ovos caseiros,1,pandemia,104,panetone,1,Páscoa 2022,3,pele bonita,2,pets em casa,1,Prêmio Empreender Brasília,302,presente de Natal,1,presente dia dos namorados,1,Presidente Bolsonaro,1,Projeto de Lei,1,promoção,2,Promoção de fraldas,1,Promoção de vinhos,1,promoções,1,renda,166,reunião,1,saúde,7,SINDIVAREJISTA,1,sleutjes,1,Solidão,1,Solteiro e Feliz,1,sorteio,1,sorteio de carros,2,Sorteio de prêmios,1,superação,1,supermercado,1,Sustentabilidade,37,Tecnologia,10,trabalho,230,Troco Solidário,2,Turismo,159,Utilidades,1,Vacinas,1,Vagas de emprego,1,vagas de emprego PCD,1,Varejo,1,Varejo no Brasil,1,vinho,2,
ltr
item
Empreender Brasília: No dia 14 de novembro, a sociedade brasileira precisa discutir um dos grandes vilões nacionais: o analfabetismo
No dia 14 de novembro, a sociedade brasileira precisa discutir um dos grandes vilões nacionais: o analfabetismo
https://1.bp.blogspot.com/-HQsHmdXf4B0/X6-7BNxnqpI/AAAAAAAACcY/GhxR3Vl7JtMhdHTvHelyQr-Ud3F_rZ1ZgCLcBGAsYHQ/s320/WhatsApp%2BImage%2B2020-11-13%2Bat%2B15.41.08.jpeg
https://1.bp.blogspot.com/-HQsHmdXf4B0/X6-7BNxnqpI/AAAAAAAACcY/GhxR3Vl7JtMhdHTvHelyQr-Ud3F_rZ1ZgCLcBGAsYHQ/s72-c/WhatsApp%2BImage%2B2020-11-13%2Bat%2B15.41.08.jpeg
Empreender Brasília
https://www.empreenderbrasilia.com.br/2020/11/no-dia-14-de-novembro-sociedade.html
https://www.empreenderbrasilia.com.br/
https://www.empreenderbrasilia.com.br/
https://www.empreenderbrasilia.com.br/2020/11/no-dia-14-de-novembro-sociedade.html
true
5829299289675945787
UTF-8
Carregar todos Post não encontrado Ver Todos Ler Mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Início PÁGS POSTS Ver TUDO RELACIONADAS TÓPICO ARQUIVO BUSCAR TODOS A busca não retornou respostas Início Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora 1 minuto há $$1$$ minutos 1 hora há $$1$$ horas Ontem há $$1$$ dias há $$1$$ semanas há mais de 5 semanas Seguidores Seguir CONTEÚDO EXLUSIVO - COMPARTILHE PARA ACESSAR 1º Compartilhe em suas redes sociais para liberar 2º Clique no link compartilhado em sua rede social Copiar TUDO Selecionar TUDO Todos os códigos foram copiados Códigos/textos não copiados, pressione [CTRL]+[C] (ou CMD+C no Mac) para copiar Sumário