A fidelidade e trabalho integrado com o governo Ibaneis (MDB), pode render ao partido Republicanos, que foi um dos partidos que mais cresceu no Brasil nas eleições municipais de 2020, o cargo de vice-governador do DF em 2022

Fotos: Divulgação Facebook.  

A legenda registrou 3.021 eleitos em todo o Brasil (4,45%), sendo 221 prefeitos, 228 vice-prefeitos e 2.572 vereadores. Na capital federal, Brasília, não aconteceram eleições municipais em 2020, porém, a força do partido no Congresso Nacional com 31 deputados federais e 3 senadores é vista com bons olhos pelo governador Ibaneis Rocha (MDB).

O partido pode trazer à Ibaneis: tempo de TV, fundo eleitoral e grande parte do movimento Evangélico. O que cacifa o Republicanos como um forte partido para indicar um possível vice-governador do DF em 2022. Com 1 deputado federal (Julio César Ribeiro), 2 deputados distritais (Rodrigo Delmasso e Martins Machado) e 2 secretários de estado (Gilvan Máximo e Bispo Vitor Paulo), o Republicanos está se cacifando cada vez mais para indicar a 2º na linha sucessória do GDF daqui 1 ano e meio.

Além desses nomes, em setembro de 2020 por indicação do partido, Ibaneis criou a Secretaria da Família e nomeou o ex-deputado evangélico Iliobaldo Vivas da Silva, conhecido por Léo Vivas, que foi sugerido pelo deputado Martins Machado.

O deputado distrital Rodrigo Delmasso, vice-presidente da Câmara Legislativa do DF, respondeu nossas perguntas e afirmou que aceitaria o convite de ser vice na chapa de Ibaneis. "Sim, aceitaria e seria uma honra. Sobre a chapa, acredito que sim, mas tudo vai depender da decisão do Governador Ibaneis", comentou o parlamentar.

    
O prefeito Gustavo Mendanha e seu vice Vilmar Mariano do Republicanos e o atual prefeito em exercício de Goiânia e o seu titular Maguito Vilela. | Foto: Divulgação Facebook.

O partido Republicanos indicou vices para as duas principais cidades goianas e saiu vitorioso: em Goiânia, Maguito Vilela foi eleito com o vice Rogério Cruz do Republicanos e em Aparecida de Goiânia houve a maior reeleição da história do estado de Goiás, com Gustavo Mendanha prefeito e seu vice Vilmar Mariano também do Republicanos com 95,8% dos votos válidos. Será que as chapas vitoriosas de Goiás em 2020, também se repetirão no DF em 2022?

Já o deputado federal Júlio César acredita que a chapa pode chegar sim a se concretizar. "Em relação a ser vice do Ibaneis, é uma questão partidária, acredito que o partido tem sim a possibilidade de ser vice em uma majoritária e tem nomes de qualidade dentro do partido para poder indicar. Acho muito cedo falar de nomes, mas com certeza o Republicanos pode sim ajudar numa chapa majoritária", destacou o federal.

Estamos de olho nas negociações para o Buriti em 2022. Vamos aguardar os próximos capítulos.
Compartilhar:

Rainne Del Sarto

Comente:

0 comentários

Boazinhas