IESB

Opinião: Voto impresso: salto para o passado

Eduardo Faria Silva* Após o Brasil dar um salto tecnológico e democrático com a implementação das urnas eletrônicas há mais de duas décadas,...

Eduardo Faria Silva*


Após o Brasil dar um salto tecnológico e democrático com a implementação das urnas eletrônicas há mais de duas décadas, nos deparamos com um projeto de emenda constitucional que pretende retroceder ao voto impresso. A deputada federal Bia Kicis, autora do projeto, justifica a iniciativa como uma garantia ao eleitor de conferir o voto na cédula, depois de digitá-lo na urna eletrônica. Também argumenta que tal forma permite que o resultado possa ser auditável pelo rastro de papel. Num primeiro momento, pode parecer uma medida que aumentaria a segurança do pleito. No entanto, me parece soar como um canto da sereia a que devemos resistir por esconder prováveis retrocessos de direitos.

Explico, o país desenvolveu um sistema de votação eletrônico com alta tecnologia nacional e que nos torna referência mundial em eleições. É um processo de votação e de apuração altamente seguro, célere, eficiente e transparente. Em mais de duas décadas de uso, o sistema sempre contou com testes públicos de segurança, envolvendo, entre outros profissionais, peritos da Polícia Federal, e nunca apresentou indícios de fraude que pudessem influenciar nos resultados das nossas eleições. A integridade da apuração é reconhecida por observadores internacionais que acompanham todos os pleitos e também é auditável por todos os partidos. A eficiência do processo é fruto do esforço e da tecnologia nacional desenvolvida pelo Tribunal Superior Eleitoral.

O voto eletrônico também permitiu que reduzíssemos o tempo e os elevados custos que existiam com a votação de papel e a apuração manual. Além das milhões de cédulas impressas, a contagem de votos levava dias para ser concluída. Era uma dispendiosa logística manual de aferição que envolvia milhares de pessoas. Agora, temos os resultados em questão de horas no próprio domingo da votação. Na época do voto manual, o Brasil foi marcado por sucessivas fraudes eleitorais na votação, no transporte das urnas e na apuração do pleito.

A possibilidade do retorno ao papel permite a reconstrução de um ambiente de instabilidade institucional. Como assim? Por exemplo, eleitores ameaçados por milícias podem ser obrigados a registrarem o voto em determinado candidato – fato que já acontece – e agora terem que enviar uma foto da cédula com a comprovação do mesmo. Poderia ser uma nova instrumentalização do chamado “voto do cabresto”. O sigilo do voto é um direito que a sociedade não deve medir esforços para garantir a inviolabilidade.

Outro ponto sensível são as manifestações dos grupos políticos que relacionam o sistema eletrônico de votação com fraudes de resultados. Esses grupos – sem nenhuma prova de adulteração nas urnas eletrônicas – buscam construir um ambiente de desinformação que sustente uma fissura social e um clima generalizado de desconfiança do sistema eleitoral. Pessoas de má-fé podem alegar que o registro feito na urna eletrônica é diferente daquele que a pessoa viu no impresso, sendo o único objetivo colocar em dúvida a seriedade do pleito. Se existem pessoas que creem que a Terra é plana, acredite: teríamos milhares de pessoas se manifestando, sem prova alguma, sobre fraude nas eleições.

As autoridades devem levar em conta que a questão - voto digital versus impresso -  abre um falso debate que pode sustentar pretensões autoritárias. Lembrem-se dos discursos de Trump. Ele não reconheceu exatamente o voto impresso e o resultado das eleições, conduzindo parte da população a atos antidemocráticos. A estratégia, por meio de uma via aparentemente questionadora, em última análise, poderia nos conduzir a situações como as vistas naquele país.

Logo, aos ouvidos de muitos cidadãos, o voto impresso pode soar como uma pretensão sincera de maior transparência. Porém, vendo a forma como o tema aparece no cenário nacional, sinceramente, acredito que o caminho aponta para jogos de grupos políticos que representam, no caso do rastro de papel, mais um salto para o passado.

*Eduardo Faria Silva, é doutor em Direito e professor do Mestrado em Direito da Universidade Positivo.

COMENTÁRIOS

JUSTIÇA$type=two$author=hide$comment=hide$readmore=hide$date=hide

EDUCAÇÃO$type=sticky$count=4$l=0$rm=0$a=0$cm=0$m=0

CIDADANIA$type=carousel$count=4$l=0$cm=0$rm=0$d=0

ECONOMIA$type=complex$count=4$l=0$cm=0$rm=0$d=0

Nome

# Empreender Brasília,1522,Adoçando a vida,2,agro,7,alimentação saudável,6,Aline Sleutjes,2,almoço,2,amigos,2,Aprovado,1,Arraiá em Casa,1,artigo,64,atacarejo,2,atividade física,1,bazar,1,bebê,1,bichinhos de estimação,1,bolinho de chuva,1,bom humor,1,Brasi,1,Brasil,166,Brasil Certo,253,brasilia,554,Brasília,939,Brasília Empreendedora,3214,cachorro,1,Caipirinha,1,capadr,1,Capital Empreendedora,2320,caravana do leite,1,carnaval,1,carne,1,carne assada,2,Carreira profissional,1,Carro novo,1,ceilândia,3,chocolate,1,Chocolate faz bem,1,Churrasco,3,Cidades,854,CLDF,137,Com cinco unidades no Distrito Federal,5,comércio,1,comida na mesa,2,comida saudável,1,Comper,1,Compras de mercado,2,Condomínio,127,Condomínios,9,Confraternização,1,congresso,1,conselho,1,coronavírus,1,covid19,1,cuidados com o bebê,1,cura da ressaca,1,cursos gratuitos,4,Delmasso,1,Deputada do Agro,1,deputada federal,1,deputadadoagro,1,Detran-DF,2,Dia da Cachaça,1,Dia da Pizza,1,dia do atleta,1,Dia do Micro e Pequeno Empresário,1,Dia dos Avós,1,Dia dos Namorados,1,dica,9,dieta da alegria,1,Distrito Federal,108,doce,1,economia,68,educação,5,Embaixadas,1,empreendedorismo,2073,empreendedorismo social eventos,53,empreender,1999,empreender Brasília,1733,empresas,4,esporte,1,Esportes,2,Eventos,265,família,4,FENACOM,1,Férias com Arraiá,1,Festa do Chope,1,Festival da Feijoada,1,festival de guloseimas,1,Fica a Dica,100,fim de ano,1,fim de semana,2,foco nacional,51,fort atacadista,34,gato,1,geral,198,gestão,425,Goiás,27,grupo pereira,3,Habitação,1,inovacao,318,internacional,2,Internet,4,José Gomes,2,justiça,6,lista de compras,1,Meio Ambiente,1,Mercado Pet,1,Mulher Empreendedora,4,mundo,7,NATAL,1,negocios,624,Negócios,3,noticias,2279,notícias,2758,OAB,50,opinião,254,ovos caseiros,1,pandemia,104,panetone,1,Páscoa 2022,3,pele bonita,2,pets em casa,1,Prêmio Empreender Brasília,302,presente de Natal,1,presente dia dos namorados,1,Presidente Bolsonaro,1,Projeto de Lei,1,promoção,2,Promoção de fraldas,1,Promoção de vinhos,1,promoções,1,renda,166,reunião,1,saúde,7,SINDIVAREJISTA,1,sleutjes,1,Solidão,1,Solteiro e Feliz,1,sorteio,1,sorteio de carros,2,Sorteio de prêmios,1,superação,1,supermercado,1,Sustentabilidade,37,Tecnologia,10,trabalho,230,Troco Solidário,2,Turismo,159,Utilidades,1,Vacinas,1,Vagas de emprego,1,vagas de emprego PCD,1,Varejo,1,Varejo no Brasil,1,vinho,2,
ltr
item
Empreender Brasília: Opinião: Voto impresso: salto para o passado
Opinião: Voto impresso: salto para o passado
https://1.bp.blogspot.com/-OfR_Dz4n_lI/YMz_8UZPwEI/AAAAAAAAA4M/PfivoBc_WvMXrWpFgr1xFEwpXjO1x8ANACLcBGAsYHQ/s320/Eduardo-Faria.jpg
https://1.bp.blogspot.com/-OfR_Dz4n_lI/YMz_8UZPwEI/AAAAAAAAA4M/PfivoBc_WvMXrWpFgr1xFEwpXjO1x8ANACLcBGAsYHQ/s72-c/Eduardo-Faria.jpg
Empreender Brasília
https://www.empreenderbrasilia.com.br/2021/06/opiniao-voto-impresso-salto-para-o.html
https://www.empreenderbrasilia.com.br/
https://www.empreenderbrasilia.com.br/
https://www.empreenderbrasilia.com.br/2021/06/opiniao-voto-impresso-salto-para-o.html
true
5829299289675945787
UTF-8
Carregar todos Post não encontrado Ver Todos Ler Mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Início PÁGS POSTS Ver TUDO RELACIONADAS TÓPICO ARQUIVO BUSCAR TODOS A busca não retornou respostas Início Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora 1 minuto há $$1$$ minutos 1 hora há $$1$$ horas Ontem há $$1$$ dias há $$1$$ semanas há mais de 5 semanas Seguidores Seguir CONTEÚDO EXLUSIVO - COMPARTILHE PARA ACESSAR 1º Compartilhe em suas redes sociais para liberar 2º Clique no link compartilhado em sua rede social Copiar TUDO Selecionar TUDO Todos os códigos foram copiados Códigos/textos não copiados, pressione [CTRL]+[C] (ou CMD+C no Mac) para copiar Sumário