Senador recepcionou Kassab e Meirelles e diz que é uma honra para Goiás recebê-lo de volta



O senador Vanderlan Cardoso (PSD-GO) recebeu no aeroporto Santa Genoveva, o presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab e o secretário de Fazenda e Planejamento de São Paulo, Henrique Meirelles. A convite do senador, Kassab e Meirelles cumpriram agenda política nesta sexta-feira (25), em Goiânia.

Após almoço na residência do senador, o grupo participou de reunião com membros do PSD Goiás, no Espaço Bella Eventos. O encontro contou com a participação do presidente regional do partido, Vilmar Rocha, do deputado federal, Francisco Jr., do deputado estadual Wilde Cambão, além de dez prefeitos e demais autoridades.

Essa é a primeira ação de Meirelles em Goiás depois de sua filiação ao partido. Vanderlan deu as boas vindas ao ex-ministro e enfatizou que ele é um nome de peso para concorrer ao Senado Federal pelo Estado de Goiás no próximo ano.

"Meirelles foi convidado para ser presidente do Banco Central, em seguida, Ministro da Fazenda e com esses dois cargos que ele ocupou, ele representou melhor o Estado de Goiás do que como deputado federal. E como ele é goiano, é de Anápolis, uma pessoa de expressão nacional e até mundial, então ele disputando e sendo eleito, vai representar muito bem o nosso Estado, além de fortalecer ainda mais o partido", disse Vanderlan.

Henrique Meirelles fez um balanço da sua atuação por Goiás e pelo Brasil nos últimos anos. "Tenho a honra de receber esse convite de voltar ao PSD e voltar a Goiás. Isso é muito importante, pois nunca perdi a conexão com o Estado. Desde quando eu trabalhava numa instituição financeira, procurei direcionar atividades para Goiás com objetivo de trazer emprego, trazer renda, trazer empresas. Mesmo trabalhando no exterior, dirigindo uma Instituição global, eu sempre procurava direcionar investimento para o Brasil e para Goiás", relembrou.

E prosseguiu. "Ao retornar para o Brasil, vim direto a Goiás, me candidatei a deputado federal e foi uma experiência muito rica pra mim, pois tive votos no Estado inteiro. Depois veio o convite para assumir a presidência do Banco Central, onde, mais uma vez, pude trabalhar por Brasil e por Goiás. Naquele período, criamos 11 milhões de empregos no país e 50 milhões de brasileiros saíram da pobreza. Posteriormente, como ministro da Fazenda, encontrei o país numa recessão mais profunda, mas conseguimos sair da crise e fazer o Brasil voltar a crescer. Enfim, tenho grande compromisso com o Estado seja em qual função eu ocupar. E no Senado Federal também teremos essa oportunidade de ajudar o nosso Estado. Mas o mais importante neste momento é estarmos aqui juntos hoje, construindo um partido forte em Goiás", finalizou.

Após a reunião com os membros do PSD, Vanderlan acompanhou Meirelles e Kassab a uma visita institucional ao governador do Estado de Goiás, Ronaldo Caiado, e ao presidente da Assembleia Legislativa, Lissauer Vieria, finalizando a agenda institucional.
Compartilhar:

Flávio Santana

Comente:

0 comentários

Boazinhas