Realizado pelo PSL Mulher, evento foi conduzido pela presidente do partido e senadora por MS, Soraya Thronicke

Fotos: Ana Paula Neves.

A representatividade da mulher, propostas e as estratégias políticas para 2022 nortearam o Fórum Nacional Brasil Certo, realizado na noite desta quinta-feira (15), pelo PSL Mulher. O evento, ocorrido em Brasília (DF), contou com as presenças da presidente nacional do PSL Mulher, líder do Brasil Certo e senadora por Mato Grosso do Sul, Soraya Thronicke, do presidente nacional do partido, Luciano Bivar, além lideranças estaduais, como da presidente do PSL Mulher do MS, Hellen Cury.

O público pôde assistir e interagir virtualmente com o Fórum, transmitido ao vivo pela internet. "Essa é uma experiência diferente. Nosso objetivo era ter realizado o Fórum há mais tempo, mas a pandemia nos impediu e hoje estamos reunidos, parte presencialmente e com muitos participantes pela internet. Temos bastante trabalho pela frente, uma eleição no ano que vem e precisamos de todas juntas para fazer o Brasil dar certo, com a participação da mulher", destacou a presidente do PSL Mulher em seu discurso de abertura.

Entre os principais objetivos do encontro estava a apresentação do Brasil Certo e suas propostas sobre como a mulher pode e deve ser uma ferramenta de transformação do país por meio da gestão pública. Para isso, é preciso fortalecer a participação feminina nas eleições, reforçando as candidaturas em cargos políticos. "Nós, mulheres, queremos mostrar que somos capazes. Queremos ocupar espaços, não por sermos mulheres, mas porque somos competentes, preparadas e aptas a realizar qualquer tarefa e assumir qualquer cargo, sendo eleitas para representar o nosso país", enfatizou Soraya Thronicke.

Em uma fala clara sobre os ideais do partido, o presidente Luciano Bivar esclareceu que o PSL atua com o intuito de mudar o Brasil, lutando pela liberdade, sendo totalmente contrário a polarizações políticas e, principalmente, trabalhando por maior inserção da mulher na gestão. "Tenho certeza que o PSL Mulher será um exemplo. Nosso partido foi criado baseado na igualdade, defendendo a liberdade de expressão. Não podemos tolerar nenhum tipo de absolutismo ou totalitarismo. Os extremos têm métodos diferentes, mas se unem como inimigos da liberdade", afirmou Bivar.

As mulheres e a nova política – Criado com o ideal de fazer diferente, o Brasil Certo tem o desafio de agregar pessoas por meio de uma proposta inovadora, de restabelecimento da confiança da população na política. A metodologia encontrada, segundo Vanda Branchine, chefe de gabinete da senadora Soraya Thronicke, foi a de ver os problemas pela perspectiva do cidadão e chamá-lo para o processo político, para que ele ajude a encontrar as soluções necessárias para seu bairro, sua cidade, Estado e País.

"Pensamos em como falar de política para pessoas que não confiam em política e vimos que seria nos colocando no lugar do cidadão ou cidadã que conseguiríamos. O Brasil Certo foi pensado para trazer as pessoas comuns para a política. Queremos fazer a diferença na sua comunidade", explica.

Com a proximidade do pleito de 2022 e ainda o baixo quantitativo feminino nos cargos políticos, é imprescindível a maior adesão das mulheres para fortalecer sua representatividade e o PSL oferece espaço e encorajando o movimento feminino na política, como destaca a presidente do PSL Mulher em MS. "Vamos fazer isso por nós, por nossos irmãos, por nossas famílias. Tragam suas ideias, vamos trabalhar juntas", reforça Hellen Cury.

As atividades do Brasil Certo incluem ainda cursos on-line e 100% gratuitos nas áreas de política, comunicação e marketing digital, democracia responsável, combate à corrupção e muitas outras.

Além do Fórum, entre os dias 19 e 29 de julho, a partir das 20h (horário de Brasília), serão realizados os "Workshops Estaduais do Brasil Certo – Lideranças do PSL Mulher" em todos os estados e no Distrito Federal. Os encontros digitais irão reunir lideranças municipais do movimento feminino do partido para debater prioridades para a construção do projeto das eleições de 2022. Serão realizados workshops em três estados por dia, sendo o evento realizado de forma virtual.
Compartilhar:

Walter Britto

Comente:

0 comentários

Boazinhas