IESB

Opinião - Passaporte vacinal: insistindo nos mesmos erros

Anderson Marcos dos Santos* O Brasil é o segundo país com mais mortes por covid, superando 590 mil óbitos, ficando atrás somente dos EUA. Al...

Anderson Marcos dos Santos*


O Brasil é o segundo país com mais mortes por covid, superando 590 mil óbitos, ficando atrás somente dos EUA. Algumas das razões desse fracasso estão aparecendo agora nas investigações feitas pela CPI da pandemia, que vem apontando para diversos crimes que teriam sido cometidos por autoridades públicas. Outras razões estão evidentes desde o primeiro caso no país, entre elas, o negacionismo, a falta de coordenação nacional ao combate à doença, o incentivo à aglomeração e ao não uso de máscara pelo presidente da República e, principalmente, o atraso na compra das vacinas.

Os governos estaduais e municipais também têm sua parcela de culpa, seja por endossar as práticas do governo federal, seja pela falta de coragem em adotar medidas mais duras na contenção da transmissão do vírus. As ações mais efetivas foram tomadas visando apenas o controle de leitos nas UTIs, e não a circulação do vírus.

Recentemente, outra medida de combate à pandemia começou a ser implantada em cidades como São Paulo, Rio de Janeiro, e até em estados como o Rio Grande do Norte. Trata-se do passaporte vacinal, uma medida jurídica que, com variações em cada localidade, permite a realização de eventos com grande número de pessoas e locais de uso coletivo — como academias, cinemas e locais turísticos, desde que vacinadas com pelo menos uma dose da vacina.

Tal ação foi contestada judicialmente sob o argumento de que viola a liberdade individual de locomoção, o que, por enquanto, vem sendo acertadamente negada pelos tribunais do país. A liberdade de locomoção não é direito absoluto, aliás, como nenhum é. Nem está sendo atingida de maneira absoluta. A limitação parcial desse direito individual pode e deve acontecer quando se está diante da necessidade da proteção de um bem maior como é a saúde pública e o bem-estar coletivo. Contudo, não parece ser a legalidade da medida o problema da adoção do passaporte vacinal, mas sim, a finalidade e a eficácia desse documento.

Não existe fundamentação, do ponto de vista sanitário, para a medida. Não serve como incentivo para a vacinação, a adesão dos brasileiros à vacina está próxima de 90%, e o baixo número de vacinados se dá pela escassez de vacinas, e não pela falta de procura. Ao contrário, o passaporte vacinal, da forma como está normatizado, é um risco no combate à pandemia. Por um lado, porque é concedido a pessoas com apenas a primeira dose da vacina, sem a imunização completa, por outro, pode gerar uma falsa sensação de segurança e incentivar a circulação desprotegida.

A única justificativa para a sua adoção é a econômica, ao permitir o funcionamento de setores que estão com restrições ou fechados desde o começo da pandemia. Então, para não resultar em aumento da transmissão do vírus, o passaporte deveria ser restrito àqueles com imunização completa, além de exigir outras medidas, como o uso obrigatório de máscaras adequadas e limite de ocupação, conforme o tamanho do espaço e a circulação de ar.

Apesar das boas intenções que possam existir na criação das normas que instituem o passaporte vacinal, a medida repete os erros que, teimosamente, insistimos em cometer. Parece faltar coragem para enfrentar a pandemia obedecendo as orientações da ciência e sobrar populismo, com medidas ineficazes, quando não agravantes, em relação à pandemia.

O controle da pandemia precisa de ampliação da cobertura vacinal, ações de mobilização social para evitar aglomerações e cuidados de higiene, medidas objetivas, como distribuição de máscaras adequadas para o transporte público e o combate a toda forma de negacionismo ou charlatanismo.

*Anderson Marcos dos Santos, doutor em Sociologia, mestre em Direito, é coordenador adjunto e professor do mestrado em Direito da Universidade Positivo (UP). 

anderson.santos@up.edu.br

COMENTÁRIOS

JUSTIÇA$type=two$author=hide$comment=hide$readmore=hide$date=hide

EDUCAÇÃO$type=sticky$count=4$l=0$rm=0$a=0$cm=0$m=0

CIDADANIA$type=carousel$count=4$l=0$cm=0$rm=0$d=0

ECONOMIA$type=complex$count=4$l=0$cm=0$rm=0$d=0

Nome

# Empreender Brasília,1522,Adoçando a vida,2,agro,7,alimentação saudável,6,Aline Sleutjes,2,almoço,2,amigos,2,Aprovado,1,Arraiá em Casa,1,artigo,64,atacarejo,2,atividade física,1,bazar,1,bebê,1,bichinhos de estimação,1,bolinho de chuva,1,bom humor,1,Brasi,1,Brasil,166,Brasil Certo,253,brasilia,554,Brasília,959,Brasília Empreendedora,3214,cachorro,1,Caipirinha,1,capadr,1,Capital Empreendedora,2320,caravana do leite,1,carnaval,1,carne,1,carne assada,2,Carreira profissional,1,Carro novo,1,ceilândia,3,chocolate,1,Chocolate faz bem,1,Churrasco,3,Cidades,854,CLDF,137,Com cinco unidades no Distrito Federal,5,comércio,1,comida na mesa,2,comida saudável,1,Comper,1,Compras de mercado,2,Condomínio,127,Condomínios,9,Confraternização,1,congresso,1,conselho,1,coronavírus,1,covid19,1,cuidados com o bebê,1,cura da ressaca,1,cursos gratuitos,4,Delmasso,1,Deputada do Agro,1,deputada federal,1,deputadadoagro,1,Detran-DF,2,Dia da Cachaça,1,Dia da Pizza,1,dia do atleta,1,Dia do Micro e Pequeno Empresário,1,Dia dos Avós,1,Dia dos Namorados,1,dica,9,dieta da alegria,1,Distrito Federal,108,doce,1,economia,68,educação,5,Embaixadas,1,empreendedorismo,2073,empreendedorismo social eventos,53,empreender,2019,empreender Brasília,1781,empresas,4,esporte,1,Esportes,2,Eventos,265,família,4,FENACOM,1,Férias com Arraiá,1,Festa do Chope,1,Festival da Feijoada,1,festival de guloseimas,1,Fica a Dica,100,fim de ano,1,fim de semana,2,foco nacional,51,fort atacadista,34,gato,1,geral,198,gestão,425,Goiás,27,grupo pereira,3,Habitação,1,inovacao,318,internacional,2,Internet,4,José Gomes,2,justiça,6,lista de compras,1,Meio Ambiente,1,Mercado Pet,1,Mulher Empreendedora,4,mundo,7,NATAL,1,negocios,624,Negócios,3,noticias,2279,notícias,2758,OAB,50,opinião,254,ovos caseiros,1,pandemia,104,panetone,1,Páscoa 2022,3,pele bonita,2,pets em casa,1,Prêmio Empreender Brasília,302,presente de Natal,1,presente dia dos namorados,1,Presidente Bolsonaro,1,Projeto de Lei,1,promoção,2,Promoção de fraldas,1,Promoção de vinhos,1,promoções,1,renda,166,reunião,1,saúde,7,SINDIVAREJISTA,1,sleutjes,1,Solidão,1,Solteiro e Feliz,1,sorteio,1,sorteio de carros,2,Sorteio de prêmios,1,superação,1,supermercado,1,Sustentabilidade,37,Tecnologia,10,trabalho,230,Troco Solidário,2,Turismo,159,Utilidades,1,Vacinas,1,Vagas de emprego,1,vagas de emprego PCD,1,Varejo,1,Varejo no Brasil,1,vinho,2,
ltr
item
Empreender Brasília: Opinião - Passaporte vacinal: insistindo nos mesmos erros
Opinião - Passaporte vacinal: insistindo nos mesmos erros
https://blogger.googleusercontent.com/img/a/AVvXsEjji4Dz0lIFHZ1a_keVYuO36jehbHZTElwdJ4I_6UQj_x1AUxBuIH7g1-XG7iZ5sBsXZVXRdfX25suwlmgOG8cAJYf83Jx_yqy4tmz8yZ2yCl2JwxkF2-vHjXJCretZCCrGty0A4LvXTCosvCaVJ5j4Rq9dKtyCDC1Rfnij1lC1HSfyh7VOSHlzJfKe=s320
https://blogger.googleusercontent.com/img/a/AVvXsEjji4Dz0lIFHZ1a_keVYuO36jehbHZTElwdJ4I_6UQj_x1AUxBuIH7g1-XG7iZ5sBsXZVXRdfX25suwlmgOG8cAJYf83Jx_yqy4tmz8yZ2yCl2JwxkF2-vHjXJCretZCCrGty0A4LvXTCosvCaVJ5j4Rq9dKtyCDC1Rfnij1lC1HSfyh7VOSHlzJfKe=s72-c
Empreender Brasília
https://www.empreenderbrasilia.com.br/2021/10/opiniao-passaporte-vacinal-insistindo.html
https://www.empreenderbrasilia.com.br/
https://www.empreenderbrasilia.com.br/
https://www.empreenderbrasilia.com.br/2021/10/opiniao-passaporte-vacinal-insistindo.html
true
5829299289675945787
UTF-8
Carregar todos Post não encontrado Ver Todos Ler Mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Início PÁGS POSTS Ver TUDO RELACIONADAS TÓPICO ARQUIVO BUSCAR TODOS A busca não retornou respostas Início Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora 1 minuto há $$1$$ minutos 1 hora há $$1$$ horas Ontem há $$1$$ dias há $$1$$ semanas há mais de 5 semanas Seguidores Seguir CONTEÚDO EXLUSIVO - COMPARTILHE PARA ACESSAR 1º Compartilhe em suas redes sociais para liberar 2º Clique no link compartilhado em sua rede social Copiar TUDO Selecionar TUDO Todos os códigos foram copiados Códigos/textos não copiados, pressione [CTRL]+[C] (ou CMD+C no Mac) para copiar Sumário