Créditos: divulgação
            Temperaturas em alta podem ser amenizadas com algumas medidas simples

O verão chegou e, com ele, os termômetros de todo o país já começam a registrar recordes de temperatura. Seja no Rio de Janeiro ou no interior do Paraná, o calor pode causar muitos incômodos, provocando sintomas como desidratação, sudorese excessiva, exaustão e até mesmo cãibras. Mas alguns truques podem ajudar a manter o clima nos ambientes internos mais agradável para pessoas e animais de estimação. De acordo com o assessor da área de Física do Sistema Positivo de Ensino, Danilo Capelari, é possível tornar o ar menos quente dentro de casa adotando algumas medidas simples.

  1. Fique de olho na decoração

Itens de decoração podem influenciar de muitas formas a temperatura interna das casas. “Acessórios como tapetes, por exemplo, ajudam a reter o calor e tornam esses ambientes mais quentes”, explica o especialista. E eles não são os únicos com essa característica. “Em momentos de picos de sol, a luz que entra pelas janelas aquece os ambientes. É importante evitar isso usando cortinas, mas com atenção às cores e tecidos. Cores escuras absorvem o calor, então é interessante optar por persianas ou cortinas de tecido leve e cores claras”, sugere.

  1. Lâmpadas e aparelhos eletrônicos fazem a diferença

Algumas lâmpadas emitem calor e também ajudam a tornar o ar mais quente. São as lâmpadas dicroicas, muito usadas no caso de iluminação embutida, como nos tetos de gesso. “Se a potência da lâmpada for muito alta, ela tende a aquecer muito”, afirma Capelari. Outra medida é desligar os aparelhos eletrônicos da tomada porque, mesmo desligados, se estiverem na tomada, eles emitem calor.

  1. Plantas podem ajudar

“O cultivo de plantas é uma boa maneira de arejar a casa. É necessário um especialista para indicar quais as melhores espécies para cada ambiente, mas elas ajudam na refrigeração”, aconselha.

  1. Na falta do ar condicionado

Quem não tem aparelho de ar condicionado não precisa passar calor. Outra ideia é pendurar lençóis claros e úmidos em frente às janelas abertas, assim o ar que vem de fora fica mais fresco. A velha prática de espalhar recipientes com água funciona bem porque, quando evapora, a água torna o ar um pouco mais úmido. Por fim, bolsas de água colocadas no congelador podem ser usadas sobre os lençóis um pouco antes de dormir.

Quando bem usados, os ventiladores ajudam muito. “É fundamental lembrar que ventiladores não esfriam o ambiente, apenas fazem o ar circular. Se você tiver um ventilador de teto, ligue-o na função exaustor, o que faz com que o ar quente circule só na parte de cima do ambiente. Em seguida, use um ventilador portátil na parte de baixo do cômodo para ajudar o ar mais fresco a circular”, detalha o especialista.

Uma outra forma de usar esses aparelhos é colocá-los virados de frente para janelas, porque isso empurra o ar quente para fora e traz o ar mais fresco para dentro. Ou ligá-lo da forma convencional, virado para as pessoas, mas com um recipiente com gelo ou água gelada na frente dele.

Compartilhar:

Central Press

Comente:

0 comentários

Neoenergia

Boazinhas