Opinião: A pandemia e a des(conexão) familiar

Fabio Carneiro* A pandemia, além dos inúmeros impactos negativos, também fez o papel de justificativa perfeita para inúmeras falhas já exist...

Fabio Carneiro*


A pandemia, além dos inúmeros impactos negativos, também fez o papel de justificativa perfeita para inúmeras falhas já existentes em algumas empresas, departamentos e instituições, seguido pela frase: Então, por causa da pandemia...

Na área educacional, as escolas se viram em apuros para atender as demandas recorrentes e ainda responder a uma verdadeira avalanche de ligações, e-mails e mensagens de pais que, inseguros, degustavam um sentimento de vazio educacional, uma forte sensação de “tempo perdido” devido à mudança no formato das aulas. Reclusos em seus lares e de mãos atadas, muitos pais perceberam que "brincar” de ensinar e exercer o ofício de professor não era algo tão simples como cobravam dos docentes, e assim, passaram a valorizar muito mais o trabalho realizado por esses profissionais dentro e fora da sala de aula. Assim como em Geni e o Zepelim, as escolas ouviram súplicas favoráveis de retorno às aulas presenciais, e no exercício da empatia veio à tona o reconhecimento da classe docente.

A rotina dentro dos lares mudou e a pressão aumentou, agravada pela carga de trabalho ou ainda pela perda dele, muitos foram obrigados a apontar os holofotes para a educação dos filhos e isso fez pais presenciarem uma atividade estudantil pífia, evidenciando o abismo existente entre as partes, algo que antes era terceirizado aos professores e às instituições de ensino, agora era obrigação direta dos pais. O lado bom é que muitos perceberam a necessidade iminente de estarem mais presentes.

Entre os menos envolvidos na vida escolar dos filhos, iniciou-se uma tentativa de encontrar um “culpado”, alguém que pudesse pagar essa conta, seguida do questionamento: Será que esse ensino remoto funciona mesmo? Ou ainda: Devo  trocar de escola, já que ele não está se adaptando ao modelo on-line?

Essa reflexão está ligada ao grau de valorização da educação dentro dos lares brasileiros, geralmente baixo, e agora, essas famílias sentiram os efeitos negativos. Para um filho que cumpria, antes da pandemia, uma rotina de estudos em um lugar adequado, tinha o respeito das pessoas para exercer as atividades, estudava distante de distrações como videogames, celulares e, principalmente, foi educado a valorizar o estudo observando o exemplo de pais presentes, certamente obtiveram resultados excelentes. Em contrapartida, pais que não estimulam uma rotina de estudos, cedem às distrações, interrompem o estudo permutando tarefas cotidianas, veem as escolas como “depósitos” de filhos e ainda não dão o exemplo dentro de casa, certamente perderam muito tempo.

A palavra-chave para essa questão é a terceirização. Essa “cultura”, aplicável em inúmeros casos, definitivamente não se aplica quando se trata da educação de filhos. Isso ocorre porque muitos pais não compreendem o verdadeiro papel da escola. Essa falta de compreensão faz com que as instituições de ensino absorvam grande parte das demandas educacionais exigidas pelos pais que, até o presente momento, sobrecarregam a escola com exigências, cobranças e atividades que não são obrigações dos professores e coordenadores.

Compreender que escola e pais devem andar juntos, sem qualquer protecionismo exagerado, deixando a carga emocional para aplicar em casa e visando o bem do aluno deve ser o objetivo final.

Parece que a pandemia veio realmente para nos tirar da zona de conforto, e esperamos que o fim de Geni e o Zepelim não se repita em relação aos professores e às instituições de ensino e, mesmo que antigo, a pandemia fez valer o ditado: Lugar de educar criança é em casa.

*Fabio Carneiro é professor de Física no Curso Positivo.

COMENTÁRIOS

Atualidade Politica

JUSTIÇA$type=two$author=hide$comment=hide$readmore=hide$date=hide

EDUCAÇÃO$type=sticky$count=4$l=0$rm=0$a=0$cm=0$m=0

CIDADANIA$type=carousel$count=4$l=0$cm=0$rm=0$d=0

ECONOMIA$type=complex$count=4$l=0$cm=0$rm=0$d=0

Nome

# Empreender Brasília,1083,Adoçando a vida,2,agro,7,alimentação saudável,6,Aline Sleutjes,2,almoço,2,amigos,2,Aprovado,1,Arraiá em Casa,1,artigo,64,atacarejo,2,atividade física,1,bazar,1,bebê,1,bichinhos de estimação,1,bolinho de chuva,1,bom humor,1,Brasi,1,Brasil,165,Brasil Certo,253,brasilia,554,Brasília,619,Brasília Empreendedora,3064,cachorro,1,Caipirinha,1,capadr,1,Capital Empreendedora,2317,caravana do leite,1,carnaval,1,carne,1,carne assada,2,Carreira profissional,1,Carro novo,1,ceilândia,1,Chocolate faz bem,1,Churrasco,2,Cidades,852,CLDF,137,Com cinco unidades no Distrito Federal,5,comércio,1,comida na mesa,2,comida saudável,1,Comper,1,Compras de mercado,2,Condomínio,127,Condomínios,9,Confraternização,1,congresso,1,conselho,1,coronavírus,1,covid19,1,cuidados com o bebê,1,cura da ressaca,1,cursos gratuitos,4,Delmasso,1,Deputada do Agro,1,deputada federal,1,deputadadoagro,1,Detran-DF,2,Dia da Cachaça,1,Dia da Pizza,1,dia do atleta,1,Dia dos Avós,1,dica,9,dieta da alegria,1,Distrito Federal,108,doce,1,economia,68,educação,2,Embaixadas,1,empreendedorismo,2073,empreendedorismo social eventos,53,empreender,1581,empreender Brasília,1593,empresas,4,esporte,1,Esportes,2,Eventos,265,família,4,Férias com Arraiá,1,Festa do Chope,1,Festival da Feijoada,1,festival de guloseimas,1,Fica a Dica,100,fim de ano,1,fim de semana,2,foco nacional,50,fort atacadista,31,gato,1,geral,198,gestão,425,Goiás,27,grupo pereira,1,Habitação,1,inovacao,318,internacional,2,Internet,4,José Gomes,2,justiça,6,lista de compras,1,Mercado Pet,1,Mulher Empreendedora,4,mundo,7,NATAL,1,negocios,624,Negócios,3,noticias,2279,notícias,2758,OAB,50,opinião,254,ovos caseiros,1,pandemia,104,panetone,1,Páscoa 2022,3,pele bonita,2,pets em casa,1,Prêmio Empreender Brasília,220,presente de Natal,1,Presidente Bolsonaro,1,Projeto de Lei,1,promoção,1,Promoção de fraldas,1,Promoção de vinhos,1,promoções,1,renda,166,reunião,1,saúde,7,SINDIVAREJISTA,1,sleutjes,1,Solidão,1,Solteiro e Feliz,1,sorteio,1,sorteio de carros,1,Sorteio de prêmios,1,superação,1,supermercado,1,Sustentabilidade,36,Tecnologia,9,trabalho,230,Troco Solidário,2,Turismo,159,Utilidades,1,Vacinas,1,Vagas de emprego,1,vagas de emprego PCD,1,Varejo,1,Varejo no Brasil,1,vinho,1,
ltr
item
Empreender Brasília: Opinião: A pandemia e a des(conexão) familiar
Opinião: A pandemia e a des(conexão) familiar
https://blogger.googleusercontent.com/img/a/AVvXsEjaxu9B9EIegEfVZAhBrEf9vC_IH4E0rf747HwWUe4APrR_H9Hc3GtORY7PD_PXQK2ooeJDaRcszMPyB25Ke5zIYM1S3nAYHNzbBmpGBp54zXqUCcH671MlJpeisI6nRC0_ipbaXjl6eMjUBF4l3X_IMHl6TAR-4MfHawAdRoxp4GFgfas6IMrl48Jv=s320
https://blogger.googleusercontent.com/img/a/AVvXsEjaxu9B9EIegEfVZAhBrEf9vC_IH4E0rf747HwWUe4APrR_H9Hc3GtORY7PD_PXQK2ooeJDaRcszMPyB25Ke5zIYM1S3nAYHNzbBmpGBp54zXqUCcH671MlJpeisI6nRC0_ipbaXjl6eMjUBF4l3X_IMHl6TAR-4MfHawAdRoxp4GFgfas6IMrl48Jv=s72-c
Empreender Brasília
https://www.empreenderbrasilia.com.br/2022/03/opiniao-pandemia-e-desconexao-familiar.html
https://www.empreenderbrasilia.com.br/
https://www.empreenderbrasilia.com.br/
https://www.empreenderbrasilia.com.br/2022/03/opiniao-pandemia-e-desconexao-familiar.html
true
5829299289675945787
UTF-8
Carregar todos Post não encontrado Ver Todos Ler Mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Início PÁGS POSTS Ver TUDO RELACIONADAS TÓPICO ARQUIVO BUSCAR TODOS A busca não retornou respostas Início Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora 1 minuto há $$1$$ minutos 1 hora há $$1$$ horas Ontem há $$1$$ dias há $$1$$ semanas há mais de 5 semanas Seguidores Seguir CONTEÚDO EXLUSIVO - COMPARTILHE PARA ACESSAR 1º Compartilhe em suas redes sociais para liberar 2º Clique no link compartilhado em sua rede social Copiar TUDO Selecionar TUDO Todos os códigos foram copiados Códigos/textos não copiados, pressione [CTRL]+[C] (ou CMD+C no Mac) para copiar Sumário