Bio Caldo - Quit Alimentos
Sesc

Prefeito Diego Sorgatto anuncia pagamento do Piso Salarial dos Professores em Luziânia

Mec elevou o valor mínimo dos professores de R$ 3,8 para R$ 4,4 mil

Foto: Pedro Oliveira.

Mesmo com a recomendação da CNM (Confederação Nacional dos Municípios) de que prefeitos ignorem o reajuste de 14,9% no piso salarial dos professores em 2023 e concedam aumento com base na inflação de 2022 medida pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) que foi de 5,79% no ano passado, o prefeito de Luziânia, Diego Sorgatto (UB), anunciou que concederá o reajuste aos servidores do município.

O anúncio foi feito na manhã desta sexta-feira (24), através de suas redes sociais. "Este é mais um compromisso firmado e honrado pela nossa gestão", afirmou o prefeito. "Quando nós assumimos, em janeiro de 2021, o Piso dos professores era de R$ 2.886,24, em 2022 já pagamos R$ 3.845,63, e hoje, já cumpriremos o novo Piso no valor de R$ 4.420,55", continuou.

Diego ressaltou ainda que também pagará o valor devido ao "retroativo do mês de janeiro de 2023".

Outro compromisso firmado pelo prefeito foi o de realizar "estudo para a atualização da tabela do magistério e também do reajuste dos servidores da educação e de toda gestão".

Esta foi a primeira vez na história de Luziânia em que os professores não precisaram esperar o mês de maio (data do pagamento da data-base) para receber o Piso Salarial.
Edilayne Martins

"Não viva para que a sua presença seja notada, mas para que a sua falta seja sentida." (Bob Marley)

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem