Bio Caldo - Quit Alimentos
Sesc

Candidato ao título, Ricardo Zonta é pole na Super Final BRB Stock Car Pro Series

O Banco BRB reforça sua presença no esporte ao se tornar o banco oficial da Stock Car, a categoria mais importante do automobilismo brasileiro. Essa parceria estratégica vai além do patrocínio tradicional: o BRB lançou um cartão de crédito exclusivo para os fãs da Stock Car, ampliando sua conexão com o esporte e seu público



Paulo Henrique Costa, presidente do BRB, expressou seu entusiasmo: "É um grande orgulho para o Banco BRB fazer parte da Stock Car, uma categoria tão querida pelo público. Esperamos que essa parceria traga muitos frutos e entretenimento para todos os espectadores". O banco, conhecido por apoiar diversas modalidades esportivas, patrocina também os pilotos Pedro Cardoso e Lucas Foresti, representantes do Distrito Federal na competição.

Fernando Julianelli, CEO da Vicar, promotora da Stock Car Pro Series e das categorias Stock Light e Turismo Nacional, destacou a importância dessa união: "O ingresso do BRB na Stock Car é muito especial. Além de agregar uma marca importante ao evento, é uma empresa que busca se conectar verdadeiramente com os fãs da Stock Car. O cartão de fidelização é apenas o primeiro passo de uma longa jornada de oportunidades que vamos criar juntos".

Amanhã (17/12), a parceria ganha um novo capítulo na Super Final BRB, realizada no Autódromo de Interlagos. A sessão classificatória, marcada pela equilibrada performance dos pilotos, foi um prelúdio emocionante para as corridas que decidirão o campeão da temporada. Ricardo Zonta, ex-piloto de Fórmula 1, conquistou a pole position com destaque, evidenciando a competitividade do evento.

A temporada de 2023 da Stock Car contou com ampla cobertura televisiva, tanto em canais abertos quanto pagos, e também nas redes sociais. Pilotos de renome internacional, como Rubens Barrichello, Felipe Massa, Lucas di Grassi e Tony Kanaan, trouxeram ainda mais prestígio à competição.

O BRB também está empenhado na revitalização do Autódromo Internacional Nelson Piquet, em Brasília, com o objetivo de reintegrá-lo ao circuito de eventos esportivos e de entretenimento, incluindo a possibilidade de sediar uma etapa da Stock Car em 2024.

Além disso, o Banco BRB e a Stock Car lançaram um cartão de crédito personalizado, disponível desde maio de 2021. Com a bandeira Mastercard, o cartão oferece benefícios exclusivos e um programa de relacionamento especial, permitindo aos clientes adquirir produtos licenciados e experiências únicas, como ingressos e visitas aos boxes.

"Desenvolvemos um produto que realmente faz a diferença para os amantes do automobilismo e da Stock Car, com benefícios e vantagens exclusivas", ressalta Paulo Henrique Costa.

A estreia do Banco BRB como banco oficial da categoria foi marcada em 26 de abril de 2021, na etapa de Goiânia do campeonato, simbolizando o início de uma parceria promissora entre o banco e a Stock Car.

Final 2023
Zonta se emocionou e não escondeu as lágrimas em ter ficado com a pole em Interlagos, depois de ter vivido momentos difíceis horas antes e agradeceu a Deus pelo feito alcançado. "É difícil falar a emoção que estou sentindo. Tanta coisa aconteceu hoje: depois dessa madrugada, meu olho acordou totalmente inchado; depois, o carro ficou falhando no treino de hoje. Só posso dizer que foi a mão de Deus para fazer a pole. As coisas não estavam caminhando na direção certa, e agora só posso dizer que a equipe me deu o carro mais rápido para fazer a pole e tentar a vitória amanhã. Isso aqui só me fortalece", disse o curitibano.



Com a pole em Interlagos, Zonta marcou dois pontos extras de bonificação e empatou com Rubens Barrichello. Ambos somam 239 tentos cada, mas Ricardo sobe para sexto na tabela do campeonato pelo primeiro critério de desempate (número de vitórias). Entretanto, a diferença que o separa do líder da tabela, Gabriel Casagrande, ainda é grande: 47 pontos.

Outros dois finalistas também se destacaram nesta tarde: Rafael Suzuki fez sua melhor classificação na temporada e garantiu o segundo lugar no grid com o Chevrolet Cruze da Pole Motorsport. O paulista fechou a fase final da classificação com apenas 0s048 atrás do tempo da pole, enquanto Casagrande (A.Mattheis Vogel), campeão de 2021, também conseguiu passar para o Q3 e partirá da terceira posição do grid neste domingo.

Entre os demais candidatos ao título, Thiago Camilo (Ipiranga Racing) vai largar da sétima colocação, logo à frente do tricampeão Daniel Serra (Eurofarma RC), oitavo no grid da Corrida 1. O duas vezes campeão Rubens Barrichello (Mobil Ale Full Time) e Felipe Fraga (Blau Motorsport), campeão em 2016, terão de remar e vão abrir a prova em 20º e 26º lugar, respectivamente.

Como foi a classificação
Durante o Q1, Julio Campos foi o mais rápido do grupo 1 e virou 1min41s275 com o Chevrolet Cruze da Lubrax Podium Stock Car Team. O paranaense foi seguido por Bruno Baptista e por Lucas Foresti, que completaram o top-3.

O grupo dos pilotos candidatos ao título foi à pista logo depois para as voltas rápidas no Q1.E foi uma fase bastante interessante e que colocou cinco dos sete finalistas entre os dez primeiros colocados. O melhor deles foi o tricampeão Daniel Serra, que marcou 1min41s070 e terminou o primeiro estágio da classificação como o mais rápido.

Thiago Camilo registrou o segundo melhor tempo do Q1, enquanto Felipe Baptista foi o terceiro. Os finalistas Rafael Suzuki e Ricardo Zonta ficaram em quarto e quinto, respectivamente, enquanto o líder do campeonato, Gabriel Casagrande, assegurou o sétimo melhor tempo no geral. Rubens Barrichello e Felipe Fraga, contudo, não avançaram e foram eliminados.

O segundo segmento da classificação foi igualmente emocionante. Somente 0s097 separaram os quatro primeiros colocados. Ricardo Zonta repetiu a boa performance da primeira parte da sessão e ficou no topo da tabela, sendo também o primeiro a avançar para o Q3. Também passaram Bruno Baptista e Felipe Baptista, além de mais dois finalistas: Suzuki e Casagrande. Julio Campos assegurou a vaga final na luta pela pole. Thiago Camilo e Daniel Serra foram eliminados da classificação e vão largar imediatamente atrás dos seis primeiros, em sétimo e oitavo, respectivamente.

Batalha pela pole
Os primeiros minutos de Q3 deram um indicativo de que dois pilotos tinham mais chance de buscar a primeira posição do grid da Super Final BRB. Rafael Suzuki começou muito bem e mostrou performance para marcar tempo muito bom (1min41s485) e que lhe garantiu pelo menos um lugar na primeira fila.

Entretanto, Ricardo Zonta conseguiu ser ainda melhor. Dono de duas vitórias nesta temporada, o competidor da RCM Motorsport emplacou 1min41s437, tirou a pole de Suzuki e vai largar na frente no desfecho de um empolgante ano de 2023 na Stock Car.

Como assistir
Às 14h30 deste domingo, a Stock Car acelera para o momento crucial do ano: a definição do campeão. A Corrida 1 da Super Final BRB tem início previsto para as 14h30, enquanto a segunda e última prova da temporada está marcada para 15h10. As disputas têm 30 minutos de duração mais uma volta.

A Stock Car Pro Series é transmitida ao vivo pela Band na TV aberta, SporTV e BandSports na TV por assinatura, além dos canais oficiais da categoria no YouTube, Facebook e TikTok, Canal GB, do narrador Galvão Bueno (YouTube), Motorsport.tv — atingindo mais de 150 países em cinco idiomas diferentes a cada etapa —, canal da Tribo do Gaules na Twitch, e também pelo Canal GOAT (YouTube).

Stock Car Pro Series, etapa 12, Super Final BRB, Interlagos
Corrida 1, grid de largada:
1º - Ricardo Zonta (RCM Motorsport/Toyota Corolla), 1min41s437
2º - Rafael Suzuki (Pole Motorsport/Chevrolet Cruze), 1min41s485
3º - Gabriel Casagrande (A.Mattheis Vogel/Chevrolet Cruze), 1min41s574
4º - Felipe Baptista (KTF Racing/Chevrolet Cruze), 1min41s608
5º - Julio Campos (Lubrax Podium/Chevrolet Cruze), 1min41s713
6º - Bruno Baptista (RCM Motorsport/Toyota Corolla), 1min41s753

Eliminados no Q2
7º - Thiago Camilo (Ipiranga Racing/Toyota Corolla), 1min41s411
8º - Daniel Serra (Eurofarma RC/Chevrolet Cruze), 1min41s538
9º - Matías Rossi (Full Time Sports/Toyota Corolla), 1min41s633
10º - Cesar Ramos (Ipiranga Racing/Toyota Corolla), 1min41s680
11º - Gianluca Petecof (Full Time Sports/Toyota Corolla), 1min41s715
12º - Lucas Foresti (A.Mattheis Vogel/Chevrolet Cruze), 1min41s779
13º - Átila Abreu (Pole Motorsport/Chevrolet Cruze), 1min41s781
14º - Cacá Bueno (KTF Sports/Chevrolet Cruze), 1min41s819
15º - Enzo Elias (Crown Racing/Toyota Corolla), 1min42s037

Eliminados no Q3
16º - Rodrigo Baptista (KTF Sports/Chevrolet Cruze), 1min41s623
17º - Sergio Ramalho (Hot Car Competições/Chevrolet Cruze), 1min41s649
18º - Sergio Jimenez (Scuderia Chiarelli/Toyota Corolla), 1min41s681
19º - Ricardo Maurício (Eurofarma RC/Chevrolet Cruze), 1min41s695
20º - Rubens Barrichello (Mobil Ale/Toyota Corolla), 1min41s713
21º - Guilherme Salas (KTF Racing/Chevrolet Cruze), 1min41s790
22º - Dudu Barrichello (Mobil Ale/Toyota Corolla), 1min41s791
23º - Marcos Gomes (Cavaleiro Sports/Chevrolet Cruze) , 1min41s800
24º - Nelson Piquet Jr. (Crown Racing/Toyota Corolla), 1min41s946
25º - Denis Navarro (Cavaleiro Sports/Chevrolet Cruze), 1min41s969
26º - Felipe Fraga (Blau Motorsport/Chevrolet Cruze), 1min42s021
27º  Felipe Lapenna (Scuderia Chiarelli/Toyota Corolla), 1min42s023
28º - Allam Khodair (Blau Motorsport/Chevrolet Cruze), 1min42s058
29º - Felipe Massa (Lubrax Podium/Chevrolet Cruze), 1min42s114
30º - Tony Kanaan (Texaco Racing/Toyota Corolla), 1min42s379
31º - Lucas Kohl (Hot Car Competições/Chevrolet Cruze), 1min42s443

Classificação do campeonato:
1º - Gabriel Casagrande, 286 pontos
2º - Daniel Serra, 270
3º - Felipe Fraga, 253
4º - Thiago Camilo, 250
5º - Rafael Suzuki, 243
6º - Ricardo Zonta, 239
7º - Rubens Barrichello, 239
8º - Ricardo Maurício, 208
9º - Felipe Baptista, 208
10º - Guilherme Salas, 207
11º - Gianluca Petecof, 205
12º - Felipe Massa, 193
13º - Cesar Ramos, 190
14º - Nelson Piquet Jr., 178
15º - Matías Rossi, 168
16º - Lucas Foresti, 158
17º - Julio Campos, 157
18º - Átila Abreu, 152
19º - Bruno Baptista, 151
20º - Gaetano Di Mauro, 148
21º - Dudu Barrichello, 136
22º - Allam Khodair, 120
23º - Cacá Bueno, 116
24º - Denis Navarro, 95
25º - Marcos Gomes, 85
26º - Enzo Elias, 68
27º - Sergio Jimenez, 64
28º - Rodrigo Baptista, 62
29º - Lucas Kohl, 42
30º - Tony Kanaan, 28
31º - Arthur Leist, 9
32º - Felipe Lapenna, 9
33º - Rafael Martins, 6
34º - Antônio Junqueira, 4
35º - Raphael Teixeira, 4
36º - Diego Nunes, 2
37º - Santiago Urrutia, 0
*pontuação extraoficial

Programação em Interlagos
Domingo, 17 de dezembro
08h30 – Copa Hyundai HB20 – Corrida 2 (25 minutos + 1 volta)
09h40 – BRB Fórmula 4 Brasil – Corrida 3 (25 minutos + 1 volta)
10h55 – Stock Series – Corrida 2 (20 minutos + 1 volta)
11h35 – Stock Series – Corrida 3 (25 minutos + 1 volta)
12h30 – Visitação aos Boxes
14h30 – Stock Car Pro Series – Super Final BRB – Corrida 1 (30 minutos + 1 volta)
15h10 – Stock Car Pro Series – Super Final BRB – Corrida 2 (30 minutos + 1 volta)

Banco BRB
Stock Car chegou ao Autódromo de Interlagos para o seu grande momento: a Super Final BRB, o ápice do campeonato, onde a emoção e a adrenalina atingiram seu ponto máximo. Neste cenário icônico, o Banco BRB acelera junto com seus pilotos, buscando um encerramento espetacular para uma temporada repleta de conquistas e desafios.

Esta é uma oportunidade única para os fãs do automobilismo testemunharem a emoção do esporte ao vivo, acompanhando cada curva e cada ultrapassagem que definirão os campeões da temporada. O Banco BRB, agora firmemente estabelecido como o Banco do Automobilismo, está orgulhoso de estar no coração dessa ação, apoiando não apenas os pilotos, mas também a paixão dos fãs pela velocidade e pela competição.

Não perca a chance de fazer parte deste evento emocionante. Compartilhe para que todos possam acompanhar e sentir a emoção da Super Final BRB da Stock Car junto com o Banco BRB. Uma experiência que promete ser inesquecível para todos os envolvidos, marcando mais um capítulo na história vibrante do automobilismo brasileiro.

#BancoBRB #BancoDoAutomobilismo #BRB #StockCar
Edilayne Martins

"Não viva para que a sua presença seja notada, mas para que a sua falta seja sentida." (Bob Marley)

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem