São sete vagas para atuação na Secretaria-Geral Executiva


A Defensoria Pública da União (DPU) está selecionando servidores públicos federais, em exercício no Distrito Federal, ocupantes de cargos efetivos de nível intermediário ou superior, regidos pela Lei nº 8.112/1990, e que não estejam em estágio probatório, para atuar em diversas áreas. São sete vagas no total, além da formação de cadastro de reserva. O objetivo da instituição com as requisições é recompor a força de trabalho. As vagas são para a Secretaria-Geral Executiva.

As competências e habilidades desejáveis dos candidatos podem ser consultadas no edital, bem como informações adicionais do processo seletivo. No momento, não há disponibilidade de gratificações para os servidores requisitados.

Os candidatos deverão apresentar a liberação da chefia imediata, conforme o modelo disponível no edital, de acordo com a política de liberação do seu órgão de exercício. O candidato que não obtiver a liberação será eliminado do processo na etapa de análise curricular.

A seleção terá quatro etapas: inscrições, análise curricular, entrevista individual e apresentação do resultado final, conforme critérios definidos nos editais.

Até o dia 31 de julho, os candidatos deverão encaminhar o currículo, acompanhado da declaração de liberação da chefia imediata, para o e-mail: selecao.sgp@dpu.def.br

Até o dia 09 de agosto, o resultado do processo seletivo será divulgado por meio do e-mail disponibilizado pelos candidatos selecionados. Dúvidas podem ser encaminhadas para o e-mail selecao.sgp@dpu.def.br.

Leia aqui o edital.

Compartilhar:

Fernando Melo

Comente:

0 comentários

Boazinhas