A empresa de tecnologia e inovação Gateware, recém-certificada pelo GPTW, conta com 65 vagas disponíveis para a contratação de profissionais na área de TI

Fotos: Marcelo Oliveira.
As atividades tecnológicas têm papel fundamental no processo de recuperação da economia em 2021. A pandemia provocou instabilidade no mercado de trabalho, mas o isolamento social exige que as empresas acelerem seus processos de transformação digital e aumentem a demanda por profissionais da área de tecnologia.

O avanço da conectividade em nuvem, os investimentos em segurança da informação, a Internet das Coisas (IoT) e a expansão do 5G são alguns dos pontos que marcam os avanços no setor, que teve um crescimento de 7% no primeiro semestre desse ano, segundo informações da International Data Corporation – IDC Brasil. Diante dessa realidade, o Brasil precisará de 400 mil trabalhadores na área de TI até 2025, e muitas organizações já buscam por mão de obra especializada.

A empresa de tecnologia e inovação Gateware, que há 20 anos se destaca no mercado, está com 65 vagas de outsourcing em aberto. Em fase de expansão, pretende dobrar o número de funcionários nas áreas de desenvolvimento, gestão de projetos, soluções SAP, gestão de mudanças, algoritmos preditivos, entre outras. Os salários chegam a R$ 20 mil.

Para a gerente de RH, Karla Kristina da Silva, a pandemia da Covid-19 foi decisiva para o investimento da empresa em terceirização: "Nos reestruturamos e passamos a focar em consultoria. Agora, colaboramos no recrutamento de profissionais para clientes que não tem know-how na área de tecnologia e também estamos à frente do outsourcing – da alocação de profissionais. Dessa forma, expandimos o número de contratações", explica.

A forma de gestão humanizada é um dos pontos fortes da Gateware. A empresa, que defende as causas sociais, tem um trabalho de inclusão focado na diversidade: "Nosso diferencial é a forma de tratar todos os profissionais. Formamos uma empresa com mente aberta, disposta a evoluir com o mercado. Disponibilizamos vagas PCD, Lgbtqia+ e mais de 50% dos nossos cargos de liderança são ocupados por mulheres", afirma Karla.

Certificação Great Place do Work (GPTW)

Recentemente, a Gateware recebeu a certificação Great Place do Work (GPTW), selo internacional que reconhece ótimos lugares para trabalhar.  A empresa, que faz a diferença com performance e criatividade, promove transformação e impacta os negócios, é focada em oferecer as melhores estratégias e soluções para os clientes.

Para a líder de pessoas e cultura da Gateware, e também especialista em desenvolvimento humano e organizacional, Jhenifer Souza, a conquista do GPTW é decorrente de uma gestão empresarial focada nas pessoas: "Fizemos uma pesquisa de clima com os nossos colaboradores, depois elaboramos estratégias com ações de melhorias, implantamos uma comunicação interna assertiva e também o diálogo "One a one" entre líderes e liderados. Essa atenção individualizada foi fundamental para o processo", explica.

Melhorias internas idealizadas para os colaboradores

Além do "One a one", foi feito um projeto onboarding que visa a integração junto às lideranças e envolve diálogos constantes com os colaboradores. Entrevistas de expectativas também são frequentes com as áreas. Há ainda outras ações pensadas especialmente para os profissionais, como o feedback de experiência e a gestão de desempenho. Inclusive, a companhia contratou uma plataforma específica que faz essa gestão e já conta com 90 feedbacks cadastrados – lá as pessoas têm a oportunidade de reconhecer o trabalho dos colegas e trazer novas ideias e sugestões de melhoria. Essa tecnologia ainda disponibiliza a realização das avaliações de desempenho e o desenvolvimento do plano de desenvolvimento individual dos colaboradores.Três encontros focados em desenvolvimento de soft kills foram realizados neste ano e ainda há mais três programados para ocorrer ainda em 2021.

A preocupação genuína da Gateware com os funcionários fez a empresa receber nota 9.3 na certificação GPTW: "Percebemos que os colaboradores têm gostado desse cuidado que temos. E o nosso foco é justamente cuidar, se preocupar e saber que as pessoas estão no centro das ações,  porque o negócio é feito por elas. Então, se a gente cuida bem das pessoas, o resultado é consequência", finaliza Jhenifer.

A certificação GPTW reforça a percepção humanista que a empresa tem com os colaborados e clientes. É um exemplo da possibilidade de fazer negócios com qualidade, sem deixar de lado o companheirismo, a confiança e as oportunidades.

Serviço:

Acesse o link e confira todas as vagas disponíveis na Gatware: www.gateware.gupy.io .

 

Sobre a empresa – Focada em tecnologia e inovação, a Gateware foi fundada em 2000. Com matriz localizada em Curitiba, no Paraná, também possui unidades em São Paulo, Rio de Janeiro, Argentina e EUA. Atualmente, possui 80 funcionários e atua em quatro suites: GW Value Strategy (PMO Gestão de Projetos e GMO Gestão de Mudanças), GW Outsourcing (Alocação e Hunting de Profissionais de TI), GW Solution (Aplicativo LivID que realiza Prova de Vida e Recadastramento Digital por meio do reconhecimento facial e inteligência artificial) e GW Labs (Fábrica de Softwares Multiplataforma). Seu mais novo produto é o app LivID, que foi desenvolvido pela Bexpo, startup recém-adquirida pela provedora de soluções em tecnologia.
Compartilhar:

Paulo Melo

Comente:

0 comentários

Boazinhas