O ministro da Cidadania, João Roma, destacou nesta quarta-feira (8) ações do governo do presidente Jair Bolsonaro na Bahia e afirmou que novos anúncios de investimentos para o estado devem ser feitos pelo chefe do Executivo federal. Em entrevista ao programa Isso É Bahia, da rádio A Tarde, ele também falou sobre o Auxílio Brasil e sobre as eleições do próximo ano



Foto: Renan Oliveira.

"Ainda nesse mês de setembro devemos comemorar 1000 dias de gestão do presidente Bolsonaro e ele deverá fazer novos anúncios para a Bahia. Um exemplo é a atenção que o ministro Tarcísio Gomes de Freitas (Infraestrutura) está em relação a todo o Rodoanel de Feira Santana. Uma obra também que atinge não só a população de Feira, como de todas que passam ali. É uma obra fundamental e já foram viabilizados recursos para o projeto, então novas etapas irão avançar", disse.

Roma também citou o BRT de Salvador, que conta com investimentos federais. "É uma obra importante e o ministro Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional) já assinou o contrato com o prefeito Bruno Reis, com o apoio do governo federal para dar sequência a essa obra tão importante para a melhoria de qualidade de vida de todos os soteropolitanos", afirmou, ao ressaltar também a duplicação da BR-101, que foi retomada pelo governo Bolsonaro.

"O presidente Bolsonaro tem feito muito na Bahia. Por isso que de fato ontem eu agradeci a ele todo o carinho com que ele tem tratado o povo baiano, com ações que estavam por décadas largadas, eram verdadeiros monumentos ao descaso. Um dos exemplos é a BR-101, que mesmo tendo governo federal e estadual do mesmo partido, passou muito tempo e abandonaram", frisou.

Auxílio Brasil
O ministro da Cidadania pontuou que está debruçado sobre o trabalho na pasta, considerado por ele o maior desafio de sua vida pública. Roma salientou o caráter integrado que tem o Auxílio Brasil, novo programa social do governo Bolsonaro que irá substituir o Bolsa Família, ao juntar ações como microcrédito, capacitação, aquisição de alimentos e primeira infância.

"A Auxílio do Brasil é sem dúvida nenhuma um grande avanço nas políticas de transparência de renda. Ele vai além de uma trilha de proteção para população em situação de vulnerabilidade, e o que nós esperamos com Auxílio Brasil é propiciar a essas pessoas oportunidades, para que cada brasileiro possa transformar a realidade em que se encontra", disse.

Questionado sobre uma eventual candidatura ao Governo da Bahia no próximo ano, João Roma disse que seu foco agora é a missão no Ministério da Cidadania, mas frisou que o presidente Bolsonaro deverá ter palanque no estado.

"É um um trabalho muito árduo que eu tenho me dedicado, mas tenho dito, sim, que o presidente Bolsonaro, até por reconhecimento, por tratar a Bahia de forma prioritária, como tem feito em todo o Nordeste, não poderá no próximo ano não um palanque no estado da Bahia que é o quarto maior colégio eleitoral do país. Eu estou apoiando o presidente Bolsonaro junto com o meu partido, o Republicanos, e seguiremos, portanto, nessa caminhada", finalizou.
Compartilhar:

Flávio Santana

Comente:

0 comentários

Boazinhas